01/12/201011:12h
AQUELE CORAÇÃO QUE TANTO TE AMA

Hoje, pouco antes de meio dia, estava na capela, rezando.

Entrou um rapaz, tamanho família, que foi dar a mão à estátua de Nossa Senhora. Ótimo.

A seguir, passou na frente do Crucifixo e, com a mão direita, triscou nos pés de Jesus. Que bom...

Enfim colocou as duas mãos em forma de concha sobre a lâmpada vermelha ao lado do sacrário. Que é isso?

E... passando ao lado, e na frente do Sacrário foi-se embora. Sem um alô sequer.

Claro que só Deus pode julgar tal comportamento.

Mas, se nossas ações são a manifestação de nossa fé...

 

Pobre nosso Jesus. Encerrado num noz de babaçu... esperando um alô de seus filhos para os quais se deixou crucificar e...

Não dá para pensar? O rapaz, de uns 15-16 anos, deveria já ter feito a primeira Comunhão e saber quem está no Sacrário.

Estuda num Colégio de Jesuítas e... aprendeu a triscar na lâmpada vermelha??

Mas, e quando comunga, será que tem uma palavra de carinho para com esse coração apaixonado que é o Coração de Jesus?

Como fiquei triste! E como me lembrei a resposta de um jogador de futebol numa entrevista: “Católico não praticante”. Sem se dar conta das palavras de Jesus:

“Os reconhecereis pelos seus frutos”.

Pe. Florêncio Lecchi, S.I (14-06-2002)

 

» Reflexões Pe. Florêncio Últimas
01/12/2010 - 11h12min
...
10/04/2010 - 09h04min
Agradecer e cantar as maravilhas de Deus Criador, hoje não está mais na moda. Em todos os tempos, mas sobretudo no...
10/04/2010 - 09h04min
Será que vale à pena ser um gato? Já observaram um gato que está para pular num muro alto? É muito interessante: pára,...